quinta-feira, dezembro 15, 2011

Viagem de buscar

Fotografia [In-certos destinos] By Ana Mokarzel

[Dedicado às memórias de "Sócrates" e "Léo" - dois paraenses da gema]

I
Era viagem ao centro de Mim
e ocorreria entre granitos e vômitos
― mas estive em pânico
para me ir viajar tão cedo
como um encurtado quartzo
em gôzo.

II
Não fosse o poema
[sombrear-se] em pedaços
Eu prostrar-me-ia aos pés de um fogoso estofo de vida
pelo muito fogo que gala.

III
E dar-me-ia a posição de Lótus
                          para as pernas
antes do Sol
que tende a coagular-se...

IV
E beijaria as mangabas do cajueiro,
                                        a cuba
da geleira manufaturada que nem madrepérola
                                               desvirginada...

V
E afrontaria o ânimo da foice,
o aço cirúrgico do bacio broxado,
o após-roxo da fala
que apenas com o fantasma do medo
[im]pediu-me
a fuga.


Cópia da página protegida contra violação de conteúdo web site por Copyscape
Licença Creative Commons 

4 comentários:

IVANCEZAR disse...

Que viagem !
Na condução do poema
o encontro e o desencontro
Com o próprio ser
que se dá a ver

Que beleza !

Um feliuz natal GRANDE Benny !

Lecy Pereira disse...

Tocante.

Cláudio César Monteiro dos Santos Júnior disse...

Tio, seu blog tá show de bola! Achei o máximo o "entrego a vocês minhas vísceras"!

Andreia Arantes disse...

Legal seu blog.Abraços!